Tag Archives: intercambio

estudar-ingles-intercambio

A importância de estudar inglês mesmo após um intercâmbio

Falar inglês deixou de ser um diferencial e, nos dias atuais, se tornou quase que uma obrigação. As crianças já começam a estudar inglês no jardim de infância e, quando chegam na adolescência, passam a se interessar pela ideia de realizar um intercâmbio. Mas saiba que estudar inglês mesmo após um intercâmbio é muito importante!

Já vai longe o tempo em que primeiro a gente se formava na faculdade e depois tirava um tempo para o cursinho de inglês. Existem hoje muitas escolas bilíngues, onde as crianças são inseridas em uma frequência bem maior de aulas de inglês. Porém, muitas vezes, nem mesmo este método é suficiente para que se adquira um nível avançado do idioma.

O mercado oferece várias escolas particulares de inglês, com os mais diversos métodos e conteúdos, didática específica para cada faixa etária e nível de aprendizado.

Intercâmbio promove aperfeiçoamento

É cada vez mais comum encontrar um jovem ou adolescente que já estuda inglês desde cedo e resolve partir para um intercâmbio para aperfeiçoar o conhecimento e adquirir fluência. Realmente não há nada como vivenciar o idioma em um país onde ele é a língua materna, porque lá “você fala inglês ou você fala inglês” – não há outra forma de se comunicar com grande sucesso.

Por via de regra, quem retorna de um intercâmbio ou de morar muito tempo no exterior volta com um bom vocabulário e uma fluência legal. Mas, e depois? O tempo passa…

Estudar inglês é importante também após o intercâmbio!

Não podemos achar que só porque adquirimos a fluência no exterior em um determinado período da vida, saberemos tudo de inglês e não vamos esquecer nunca mais. Uma pena, mas esse esquecimento acontece com bastante frequência.

Nosso cérebro é uma máquina muito inteligente e vai descartando informações desnecessárias para armazenar as mais recentes. Quando após uma experiência de imersão em inglês, deixamos de ter contato diário como o idioma, ou deixamos de estudar, acabamos perdendo a fluência e até mesmo a lembrança do que já estudamos.

O estudo do inglês deve ser constante em nossa vida. Não importa em que estágio estamos, temos que utilizar o idioma e treinar constantemente para não perdermos a tão sonhada fluência.

Mesmo após concluir o nível avançado, alcançar certificações internacionais e morar no exterior, devemos manter pelo menos contato em um grupo de conversação ou participar de imersões. Até mesmo em períodos de férias escolares, alguns cursos apresentam programas bem dinâmicos e diversificados para manter o inglês quentinho na memória.

Presença do professor alavanca aprendizado do inglês

É importante que esta “manutenção” seja monitorada e até conduzida por um professor. Ele pode sugerir conteúdos de acordo com a necessidade pessoal de cada um – ou de um grupo – e trazer novos termos de vocabulário e estruturas para agregar ao que já é conhecido.

As vantagens de participar de um grupo de conversação, por exemplo, são as mais variadas. Além de você estar mantendo seu nível de inglês, estará ainda trocando experiências, fazendo novos amigos e aumentando o seu network.

Para quem quer mandar bem sempre e saber tudo de inglês, inclusive gírias e até arrebentar nas músicas, e para aqueles que necessitam do idioma como pré-requisito para se desenvolver bem em sua carreira profissional, o estudo e o contato contínuo com o inglês são primordiais.

Voltou agora de um intercâmbio? Corre para a FISK Guarulhos e não deixe o seu inglês enferrujar.